Lula não quer o bem dos aposentados!


O cidadão brasileiro quando ainda jovem, ingressa no mercado de trabalho, recebendo toda assistência do Regime Geral da Previdência Social. Contribue para o INSS, mensalmente, durante 35 anos, com alto percentual descontado na fonte, calculado sempre sobre o valor total do seu salário.
Esta contribuição à Previdencia é feita sob a ilusão de que está se resguardando para uma velhice tranquila e dígna, garantida pela Constituição brasileira. Deveria ser assim tanto no inicio da sua atividade produtiva, quanto na sua saída do mercado trabalhista originado por conta de um natural desgaste físico.
Começa aí a desdita do aposentado, com a quebra do contrato acordado entre a Previdência Social e o trabalhador. Este passa a ser marginalizado pelos governos federais. Porque perpetua-se esta deslealdade contra ex-trabalhadores, que através da Carta Magna tem a garantia da manutenção do seu poder de compra, e com direitos amplos à saúde?
É porque existem governantes indígnos do cargo que ocupam, incompetentes, não demonstrando um mínimo de respeito ao trabalhador agora idoso, numa fase da vida em que mais necessita de proteção dos poderes públicos.
O governo do presidente Collor, mostrando grande insensatez, queria dar só 54% de atualização para o aposentado, enquanto dava para o salário mínimo 154% de reajuste. Quem explica tamanha disparidade entre estes dois valores? A falsa resposta como sempre é a já manjada desculpa de que as contas da Previdência não suportariam. Felizmente apareceu uma juiza ética, transparente, justa, que teve a coragem de enfrentar a equipe econômica do governo, batendo o martelo e estendendo os 147% também para os aposentados. E a Previdência não faliu como alardeavam!!
Fernando Henrique Cardoso, imbuído do mesmo preconceito nocivo ao aposentado, desvinculou o seu reajuste ao do salário mínimo, com a única e covarde intenção de impedir o aposentado de recorrer à justiça, como ocorrido no affair 147%. E ainda o consideram o grande estadista; não soube contornar uma situação difícil. Não mostrou criatividade. Optou pelo mais cômodo, causando um prejuizo contundente ao aposentado, tornando a sua perversidade uma bola de neve, que a cada ano mais nos esmaga. E até hoje pergunta-se: como o Legislativo teve a coragem em plenário de aprovar uma indecência como esta? Quantos aposentados diante da sua desesperada situação financeira não se suicidou, conforme diz o senador Mão Santa?
Já o presidente Lula, sem dúvida o mais algoz entre os três, que se vangloria de ter tirado milhões de brasileiros da miséria, ignora que em contrapartida está empurrando outros tantos milhões de aposentados para a pobreza. Está tirando o máximo proveito dessa armadilha criada por FHC, oprimindo sem piedade os aposentados, já que em 07 anos de gestão já superou o presidente anterior com 08 anos de governo, acima do dobro na arte de dilapidar aposentadorias.
Quando teve uma chance de amenizar um pouco o massacre imposto ao segurado, como naquele reajuste que nos foi dado pelo Congresso, de 16.67% mesmo índice do salário mínimo, não teve a mínima sensibilidade e querendo mostrar que manda mais que os parlamentares do Legislativo, a quem chamou de irresponsáveis, vetou o referido aumento. Quem na realidade foi o irresponsável?
Esta manifestação veemente, sei, já se tornou enfadonha por estar sendo repetida centenas de vezes. Entretanto, esta perseguição ao aposentado também teima em se manter atuante, massacrando os aposentados e pensionistas. Com ela mais uma esperança de que autoridades com poderes suficientes para derrubar tamanha ignomínia, se revistam agora de auto-crítica, sentido de justiça e questão de honra, para finalmente, criando coragem, desembaraçarem e aprovarem os projetos do senador Paim.
25/10/2009 em 14:20

Fonte: Almir Papalardo.
papalardoblogpaulopaim@hotmail.com

http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

Eles apoiam o MST e o Governo Lula

Governo tentou impedir a investigação sobre o repasse de recursos públicos ao movimento, mas não conseguiu retirar as assinaturas.
Segundo a Secretaria da Mesa do Congresso, 23 deputados retiraram suas assinaturas do requerimento de CPI no fim da noite desta quarta-feira, 21, mas o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) apresentou em seguida outros 60 nomes aderindo ao pedido, garantindo a investigação parlamentar sobre o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.
Em setembro o governo conseguiu evitar a criação da CPI do MST, mas uma nova tentativa de investigar o movimento ganhou força depois que os sem terra destruíram parte de um laranjal no interior de São Paulo, há cerca de duas semanas.

Politicos que voltaram atras e desistirm de assinar instalação de CPI do MST.





http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

"Remoção de Zelaya foi constitucional": (ONU)

www.forazelaya.blogspot.com   quarta-feira, 14 de outubro de 2009

EXTRA! EXTRA! EXTRA! ONU reconhece: Zelaya foi legalmente deposto!
Prezados participantes do Fora Zelaya!
Parabéns! A Você que protestou contra a presença do Zelaya em nossa Embaixada.

Parabéns! A Você que protestou pelo fato de o governo brasileiro o ter acolhido Zelaya em nossa  embaixada.

Falta muito pouco para ele "cair fora"! Veja a notícia abaixo e tire suas conclusões.
Convide agora seus amigos para darem mais um "empurrãozinho" no Zelaya para que ele "caia fora!" de uma vez por todas: www.forazelaya.blogspot.com

Atenciosamente
Comissão "Fora Zelaya!"
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009
"Remoção de Zelaya foi constitucional": (ONU)
ONU MUDA DE IDÉIA A RESPEITO DE HONDURAS
Um estudo do Departamento de Assuntos Políticos da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre as causas que provocaram a crise em Honduras, concluiu que a destituição do ex-presidente Manuel Zelaya "foi constitucional e de acordo com as leis do país", confirmaram fontes oficiais desse organismo.
Esta visão foi conhecida oficialmente nesta terça-feira por altos funcionários da ONU, que também coincide com o estudo elaborado pela Biblioteca do Congrersso dos Estados Unidos, que analizou por sua vez, a situação que gerou e mantém uma crise política em Honduras.
O documento do estado do Departamento de Assuntos Políticos da ONU, se fundamenta com outra informação (a outra verdade) recebida na última visita a Honduras, quando aproveitaram para "conhecer outros cenários que não estavam claros".



NOTA: Você está recebendo o informativo da Movimento Nacional Fora Zelaya através do e-mail: moisesalba22@gmail.com. Para cancelar o recebimento do mesmo clique aqui .

Proteja meu email como protejo o seu, envie sempre com destinatário CCO (cópia oculta), e apague qualquer endereço que aparece no corpo da mensagem.

---------- Forwarded message ----------
From: moisesalba22@gmail.com
Date: 2009/10/21
Subject: "Remoção de Zelaya foi constitucional": (ONU)
To: moisesalba@gmail.com
Fale com os Deputados Federias e Senadores, Clique nos links a seguiir.



A Gol reduziu o preço das passagens para as férias. Pesquisamos +de 300 trechos!


Posted: 21 Oct 2009 09:40 AM PDT
Essa semana, a GOL reduziu o preço de suas passagens para o período de férias, tanto para o final de dezembro quando para janeiro e fevereiro os preços estão bem menores. Veja, não é que ela esteja fazendo uma grande promoção, os preços estavam muito altos e ela fez uma boa redução, mas não espere ...
Posted: 20 Oct 2009 07:32 PM PDT
Continuamos com o especial Reveillon 2010. Hoje o assunto é Reveillon 2010 no Rio de Janeiro. Você vai ficar sabendo o um pouco das festas, de passagens aéreas e de hotéis dessa que é uma das maiores festas de Ano Novo de todo o mundo. Ainda que tenha seus problemas, o Rio de Janeiro ...
You are subscribed to email updates from Melhores Destinos
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610
Proteja meu email como protejo o seu, envie sempre com destinatário CCO (cópia oculta), e apague qualquer endereço que aparece no corpo da mensagem.
---------- Forwarded message ----------
From: 
Melhores Destinos <naoresponda@melhoresdestinos.com.br>
Date: 2009/10/21
Subject: A Gol reduziu o preço das passagens para as férias. Pesquisamos +de 300 trechos!
To: moisesalba@gmail.com


Resposta a Mirian Leitão do GENERAL FRANCISCO BATISTA TORRES DE MELO

Assunto: GENERAL RESPONDE A MIRIAM LEITÃO

Resposta do General Torres de Melo à carta da jornalista.

À Senhora Jornalista Miriam Leitão.

Li o seu artigo "ENQUANTO ISSO", com todo cuidado possível. Senti, em suas linhas, que a senhora procura mostrar que os MILITARES BRASILEIROS de HOJE são bem diferentes dos MILITARES BRASILEIROS de ONTEM. Penso que esse é o ponto central de sua tese. Para criar credibilidade nas suas afirmativas, a senhora escreveu: "houve um tempo em que a interpretação dos militares brasileiros sobre LEI E ORDEM era rasgar as leis e ferir a ordem. Hoje em dia, eles demonstram com convicção terem aprendido o que não podem fazer". Permita-me discordar dessa afirmativa de vez que vejo nela uma injustiça, pois fiz parte dos MILITARES DE ONTEM e nunca vi os meus camaradas militares rasgarem leis e ferir a ordem. Nem ontem nem hoje. Vou demonstrar a minha tese.
No Império, as LEIS E A ORDEM foram rasgadas no Pará, Ceará, Minas, Rio, São Paulo e Rio Grande do Sul pelas paixões políticas da época. AS LEIS E A ORDEM foram restabelecidas pelo Grande Pacificador do Império, um Militar de Ontem, o Duque de Caxias, que com sua ação manteve a Unidade Nacional. Não rasgamos as leis nem ferimos a ordem. Pelo contrário. Vem a queda do Império e a República. Pelo que sei, e a História registra, foram políticos que acabaram envolvendo os velhos Marechais Deodoro e Floriano nas lides políticas. A política dos governadores criando as oligarquias regionais, não foi obra dos Militares de Ontem, quando as leis e a ordem foram rasgadas e feridas pelos donos do Poder, razão maior das revoltas dos tenentes da década de 20, que sonhavam com um Brasil mais democrático e justo. Os Militares de Ontem ficaram ao lado da lei e da Ordem. Lembro à nobre jornalista que foram os civis políticos que fizeram a revolução de 30, apoiados, contudo, pelos tenentes revolucionários, menos Prestes, que abraçou o comunismo russo.
Veio a época getuliana, que, aos poucos, foi afastando os tenentes das decisões políticas. A revolução Paulista não foi feita pelos Militares de Ontem e sim pelos políticos paulistas que não aceitavam a ditadura de Vargas. Não foram os Militares de Ontem que fizeram a revolução de 35 (senão alguns, levados por civis a se converterem para a ideologia vermelha, mas logo combatidos e derrotados pelos verdadeiros Militares de Ontem); nem fizeram a revolta de 38; nem deram o golpe de 37. Penso que a senhora, dentro de seu espírito de justiça, há de concordar comigo que foram as velhas raposas GETÚLIO - CHICO CAMPOS - OSWALDO ARANHA e os chefetes que estavam nos governos dos Estados, que aceitaram o golpe de 37. Não coloque a culpa nos ilitares de Ontem.
Veio a segunda guerra mundial. O Nazismo e o Fascismo tentam dominar o undo. Assistimos ao primeiro choque da hipocrisia da esquerda. A senhora eve ter lido - pois àquela época não seria nascida -, sobre o acordo da lemanha e a URSS para dividirem a pobre Polônia e os sindicatos omunistas do mundo ocidental fazendo greves contra os seus próprios países a favor da Alemanha por imposição da URSS e a mudança de posição quando a "Santa URSS" foi invadida por Hitler. O Brasil ficou em cima de muro até que nossos navios (35) foram afundados. E ra a guerra, a FEB e seu término. Getúlio - o ditador - caiu e vieram as eleições. As Forças Armadas foram chamadas a intervir para evitar o pior. Foram os políticos que pressionaram os Militares de Ontem para manter a ordem. Não rasgamos as leis nem ferimos a ordem. Chamou-se o Presidente do Supremo Tribunal Federal para, como Presidente, governar a transição. Não se impôs MILITAR algum.
O mundo dividiu-se em dois. O lado democrático, chamado pelos omunistas de imperialistas, e o lado comunista com as suas ditaduras cruéis e seus celebres julgamentos "democráticos". Prefiro o primeiro e tenho certeza de que a senhora, também. No lado ocidental não se tinham os GULAGs. período Dutra (ESCOLHIDO PELOS CIVIS E ELEITO PELO VOTO DIRETO DO POVO) teve seus erros - NUNCA CONTRA A LEI E A ORDEM - e virtudes como toda obra humana. A colocação do Partido Comunista na ilegalidade foi uma obra do Congresso Nacional por inabilidade do próprio Carlos Prestes, que declarou ficar ao lado da URSS e não do Brasil em caso de guerra entre os dois países. Dutra vivia com o "livrinho" (a Constituição) na mão, pois os políticos, nas suas ambições, queriam intervenções em alguns Estados, inclusive em São Paulo. A senhora deve ter lido isso, pois há vasta literatura sobre a História daqueles idos.
Novo período de Getúlio Vargas. Ele já não tinha mais o vigor dos anos trinta. Quem leu CHATÔ, SAMUEL WEINER (a senhora leu?) sente que os falsos amigos de Getúlio o levaram à desgraça. Os Militares de Ontem não se envolveram no caso, senão para investigar os crimes que vinham sendo cometidos sem apuração pela Polícia; nem rasgaram leis nem feriram a ordem.
Eram os políticos que se digladiavam e procuravam nos colocar como fiéis da balança. O seu suicídio foi uma tragédia nacional, mas não foram os Militares de Ontem os responsáveis pela grande desgraça.
A senhora permita-me ir resumindo para não ficar longo. Veio Juscelino e as Forças Armadas garantiram a posse, mesmo com pequenas divergências. Eram os políticos que queriam rasgar as leis e ferir a ordem e não os Militares de Ontem. Nessa época, há o segundo grande choque da esquerda. No XX Congresso do Partido Comunista da URSS (1956) Kruchov coloca a nu a desgraça do stalinismo na URSS. Os intelectuais esquerdistas ficam sem rumo.
Juscelino chega ao fim e seu candidato perde para o senhor Jânio Quadros. Esperança da vassoura. Desastre total. Não foram os Militares de Ontem que rasgaram a lei e feriram a ordem. Quem declarou vago o cargo de Presidente foi o Congresso Nacional. A Nação ficou ao Deus dará. Ameaça de guerra civil e os políticos tocando fogo no País e as Forças Armadas divididas pelas paixões políticas, disseminadas pelas "vivandeiras dos quartéis" como muito bem alcunhou Castello.
Parlamentarismo, volta ao presidencialismo, aumento das paixões políticas, Prestes indo até Moscou afirmando que já estavam no governo, faltando-lhes apenas o Poder. Os militares calados e o chefe do Estado Maior do Exército (Castello) recomendando que a cadeia de comando deveria ser mantida de qualquer maneira. A indisciplina chegando e incentivada dentro dos Quartéis, não pelos Militares de Ontem e sim pelos políticos de esquerda; e as vivandeiras tentando colocar o Exército na luta política.
Revoltas de Polícias Militares, revolta de sargentos em Brasília, indisciplina na Marinha, comícios da Central e do Automóvel Clube representavam a desordem e o caos contra a LEI e a ORDEM. Lacerda, Ademar de Barros, Magalhães Pinto e outros governadores e políticos (todos civis)incentivavam o povo à revolta. As marchas com Deus, pela Família e pela Liberdade (promovidas por mulheres) representavam a angústia do País. Todo esse clima não foi produzido pelos MILITARES DE ONTEM. Eles, contudo, sempre à escuta dos apelos do povo, pois ELES são o povo em armas, para garantir as Leis e a Ordem. Minas desce. Liderança primeira de civil; era Magalhães Pinto. Era a contra-revolução que se impunha para evitar que o Brasil soçobrasse ao comunismo. O governador Miguel Arraes declarava em Recife, nas vésperas de 31 de março: haverá golpe. Não sabemos se deles ou nosso.
Não vamos ser hipócritas. A senhora, inteligente como é, deve ter lido muitos livros que reportam a luta política daquela época (exemplos: A Revolução Impossível de Luis Mir - Combates nas Trevas de Jacob Gorender - Camaradas de William Waack - etc) sabe que a esquerda desejava implantar uma ditadura de esquerda. Quem afirma é Jacob Gorender. Diz ele no seu livro: "a luta armada começou a ser tentada pela esquerda em 1965 e desfechada em definitiva a partir de 1968". Na há, em nenhuma parte do mundo, luta armada em que se vão plantar rosas e é por essa razão que GORENDER afirma: "se quiser compr endê-la na perspectiva da sua história, A ESQUERDA deve assumir a violência que praticou". Violência gera violência.
Castello, Costa e Silva, Médici, Geisel e João Figueiredo com seus erros e virtudes desenvolveram o País. Não vamos perder tempo com isso. A senhora é uma economista e sabe bem disso. Veio a ANISTIA. João Figueiredo dando murro na mesa e clamando que era para todos; e Ulisses não desejando que Brizolla, Arraes e outros pudessem tomar parte no novo processo eleitoral, para não lhe disputarem as chances de Poder. João bateu o pé e todos tiveram direito, pois "lugar de Brasileiro é no Brasil", como dizia. Não esquecer o terceiro choque sofrido pela a esquerda: Queda do Muro de Berlim, que até hoje a nossa esquerda não sabe desse fato histórico.
Diretas já. Sarney, Collor com seu desastre, Itamar, FHC, LULA e chegamos aos dias atuais. Os Militares de Hoje, silentes, que não são responsáveis pelas desgraças que vivemos agora, mas sempre aguardando a voz do Povo. Não houve no passado, nem há, nos dias de hoje, nenhum militar metido em roubo, compra de voto, CPI, dólar em cueca, mensalões ou mensalinhos. Não há nenhum Delúbio, Zé Dirceu, José Genoíno, e que tais. O que já se ouve, o que se escuta é o povo dizendo: SÓ OS MILITARES PODERÃO SALVAR A NAÇÃO. Pois àquela época da "ditadura" era que se era feliz e não se sabia... Mas os Militares de Hoje, como os de Ontem, não querem ditadura, pois são formados democratas. E irão garantir a Lei e a Ordem, sempre que preciso. Os militares não irão às ruas sem o povo ao seu lado. OS MILITARES DE HOJE SÃO OS MESMOS QUE OS MILITARES DE ONTEM. A nossa desgraça é que políticos de hoje (olhe os PICARETAS do Lula!) - as exceções justificando a regra - são ainda piores do que os de ontem. São sem ética e sem moral, mas também despudorados. E o Brasil sofrendo, não por conta dos MILITARES, mas de ALGUNS POLÍTICOS - uma corja de canalhas, que rasgam as leis e criam as desordens.
Como sei que a senhora é uma democrata, espero que publique esta carta no local onde a senhora escreve os seus artigos, que os leio atenta e religiosamente, como se fossem uma Bíblia. Perfeitos no campo econômico, mas não muitos católicos ou evangélicos no campo político por uma razão muito simples: quando parece que a senhora tem o vírus de uma reacionária de esquerda.
Atenciosa e respeitosamente,
GENERAL DE DIVISÃO REFORMADO DO EXÉRCITO FRANCISCO BATISTA TORRES DE MELO.
(Um militar de ontem, que respeita os militares de hoje, que pugnam pela Lei e a Ordem)

Observação minha: Hoje o Governo Federal com o Senhor Lula como Presidente disponibiliza um Portal sobre os desaparecidos no período da ditadura no site "Memórias Reveladas" e isto me indigna muito, pois houve ditadura para que o comunismo não se instalasse aqui. Quem não gosta de liberdade que vá para Cuba, Coréia do Norte, Venezuela ou Colômbia. Uma propaganda federal anuncia que existem ainda 140 desaparecidos e precisamos ajudar a resgatar informações sobre eles. Deviam existir muito mais desaparecidos e talvez assim não tivéssemos certas pessoas livres fazendo o que estão fazendo hoje e não correríamos o risco de uma guerrilheira ser candidata à presidente da republica. Outro ponto do Governo Lula é a bolsa ditadura – quanto o governo já pagou de indenizações e quanto pagará para supostas vitimas do regime militar. Para isto tem dinheiro. E os militares que morreram para manter o Brasil longe do comunismo – quem vai lançar um portal na internet em homenagem a eles.

Proteja meu email como protejo o seu, envie sempre com destinatário CCO (cópia oculta), e apague qualquer endereço que aparece no corpo da mensagem.

---------- Forwarded message ----------
From: flerte.pel@terra.com.br
Date: 2009/10/8
Subject: resposta a mirian leitão do general!!
To: moisesalba@gmail.com

Lula e o PT são contra os aposentados.

O titulo desta postagem poderia ser até outro, mas um representante do PT vem fazendo uma luta imensa para melhorar a vida dos aposentados e pensionistas e os futuros aposentados enquanto todos os outros membros do PT e do governo Lula vem fazendo o contrario. Isto mesmo. Enquanto o Senador Paulo Pain tem projetos justos para os aposentados e pensionistas todo o governo e o PT estão contra estes projetos. Os aposentados e pensionistas não aparecem como prioridade do governo em nenhuma ocasião. Dinheiro para tudo existe e em ultima aparição em campanha com a Super Dilma ele disse que dinheiro para obras e para tudo que o governo quer tem. As coisas não acontecem por ma vontade do TCU e de outros que não deixam o governo tocar as obras do PAC. Dinheiro para reajuste para aposentados e pensionistas iguais ao salário mínimo nem pensar. Um site que esta muito atento a tudo que esta acontecendo sobre as propostas do senador Paulo Pain é o - Blog "Aposentado! Solte o Verbo…" . Nele, diariamente encontramos informações relevantes sobre os bastidores do Congresso e do Planalto e com isto ficamos atualizados sobre como andam as propostas do Senador e como estão tramitando na Camara dos Deputados. Outro que leio diariamente também é o site da COBAP, nele informações relevantes também são colocadas para que a informação deixe de ser um privilegio de poucos e sim um direito de todos. Leiam os dois, informação é tudo. As eleições estão chegando e precisamos votar certo.


http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

PERDOAR OU NÃO...

Susgestão:
Perguntaram ao General Norman, do Exército dos Estados Unidos, se ele perdoaria os terroristas do 11 de setembro de 2001 (Como os do PCC, os traficantes, os políticos corruptos, os invasores do MST etc...).
A resposta:
"Eu creio que a tarefa de perdoá-los cabe a DEUS. A nossa é de simplesmente PROMOVER o encontro".


Fonte:email Jorge Xaubet
http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

DEPUTADO CORRUPTO SE MATA NA TV... SE ESTA MODA PEGA..

video

 
"Atenção" - Cena forte, real e verídica - não aconselho para pessoas sensíveis e com problemas de saúde.


Proteja meu email como protejo o seu, envie sempre com destinatário CCO (cópia oculta), e apague qualquer endereço que aparece no corpo da mensagem.
---------- Forwarded message ----------
From: Clxxber <l@terra.com.br>
Date: 2009/10/6
Subject: Fw: DEPUTADO CORRUPTO SE MATA NA TV... SE ESTA MODA PEGA..
E NO BRASIL!!! COMO SERIA???COLOCAR UMAS FUNERARIAS AO LADO DO CONGRESSO NACIONAL E FATURAR!!

Em 2006 Lula vetou reajuste de 16,67% aos aposentados do INSS

Para Relembrar!…” – Julho de 2006
http://www.jusbrasil.com.br/

O Senado aprovou na tarde do dia 4 de julho o reajuste de 16,67% aos aposentados do INSS que ganham mais de um salário mínimo. O reajuste se refere ao índice concedido ao salário mínimo, que passou de R$ 300 para R$ 350, em abril. A extensão do reajuste aos aposentados e pensionistas se deu através de um Projeto de Lei da Câmara que modificou a Medida Provisória 288, que trata do reajuste do mínimo.

A imprensa alardeia a polêmica medida como uma queda de braço entre os Poderes Legislativos e o Executivo. O governo Lula já havia avisado que vetaria a extensão do reajuste às aposentadorias, propondo apenas o índice de 5% para aqueles que ganham mais de um salário mínimo. Mesmo assim, o Senado aprovou a medida, com a ajuda, inclusive, da bancada governista. Agora que a Medida Provisória passou pela Câmara e pelo Senado, irá direto para a mesa de Lula, que vetará o reajuste.

A medida causou uma situação no mínimo surreal em Brasília. O ministro da Previdência, Nelson Machado, adiantou o veto do governo. Já o ministro do Trabalho e ex-presidente da CUT, Luiz Marinho, foi além e convocou os sindicalistas das centrais para pressionarem os parlamentares a não aprovarem o aumento para as aposentados. “O governo não tem medo de vetar”, chegou a afirmar Marinho. E o mais esdrúxulo, os sindicalistas atenderam ao pedido. Representantes da CUT, Força Sindical e SDS se reuniram com os ministros e exortaram os parlamentares a não aprovarem o reajuste.
Tal cena só não assusta mais pois o ridículo índice proposto pelo governo Lula já havia sido acertado com os representantes das centrais pelegas, que acataram o argumento de que não havia recursos no orçamento para conceder aos aposentados o mesmo reajuste do salário mínimo.

“Quando vemos o ministro do Trabalho e da Previdência chamar as centrais dos trabalhadores para intervirem junto ao Congresso para vetar o reajuste aos aposentados, ficamos muito preocupados. As centrais não lutam pelos aposentados e nem mesmo pelos que, da própria base, estão se aposentando”, denuncia Hermélio Soares dos Santos, presidente interino da Cobap, a Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas.

A Confederação, ao contrário das entidades da CUT e demais centrais, defende a extensão do reajuste a todos os aposentados. “Lula se comprometeu a dar reajuste para os aposentados, mas além de não cumprir isso, vai vetar o que foi aprovado no Congresso”, afirma Hermélio.

Governo ameaça não dar nada

Como se vetar apenas não bastasse, o pedido de Marinho e do governo embute uma ameaça explícita. Caso o governo vete o reajuste, os aposentados não receberão nem mesmo os 5% propostos por Lula. Ficariam apenas com a correção da inflação entre maio de 2005 e março de 2006, de 3,14%. Agora, a estratégia do governo é aprovar no Congresso, sem nenhuma alteração, a MP 291, editada especialmente para conceder os 5% e que tramita atualmente na Câmara.

No entanto, várias emendas já alteram o reajuste para os 16,67%. O prazo para a medida ser votada no Congresso expira dia 13 de julho e o governo corre para aprovar o ínfimo reajuste.

Cinismo sem fim

O imbróglio evidencia em primeiro lugar a política econômica recessiva do governo Lula. Segundo o próprio governo, o mesmo reajuste do mínimo para a Previdência, que beneficiaria cerca de 8 milhões de aposentados, custaria R$ 7 bilhões aos cofres públicos. Só para se ter uma idéia, o recente pacote de ajuda anunciado pelo governo para os fazendeiros pagarem suas dívidas foi de nada menos que R$ 75 bilhões.

A Cobap porém contesta essa cifra. “Um estudo da Anfip indica que o reajuste não custaria mais que R$ 5 bilhões”, lembra o presidente da entidade, que também ataca o mito da déficit da Previdência. “Em 2005, a Previdência arrecadou R$ 42 bilhões, mas 20% disso, com a DRU (Desvinculação das Receitas da União) são desviados para fazer o Superávit Primário. Com esse dinheiro, dava para conceder tranqüilamente o reajuste aos aposentados”, afirma.

A oposição, por sua vez, faz proselitismo hipócrita e busca apenas desgastar eleitoralmente Lula. A alteração da MP que estende o benefício aos aposentados, vale lembrar, foi feita pelo PFL, um dos maiores defensores de uma nova reforma da Previdência e que, no governo FHC, aprovou a primeira reforma, impondo o famigerado fator previdenciário, que arrocha cada vez mais os salários dos idosos. Ou seja, o Congresso só aprovou esse índice contando com o veto de Lula.

Conlutas em defesa da Previdência

A Coordenação Nacional de Lutas está junto com a Cobap na luta pelo reajuste aos aposentados. Como parte das mobilizações contra as reformas neoliberais de Lula, a Conlutas participou, no dia 21 de junho, de uma audiência pública junto com a Confederação em defesa da valorização das aposentadorias. A coordenação luta também pelo fim do fator previdenciário, pressionando o Congresso pela aprovação do PLS (Projeto de Lei iniciado no Senado)296/03, que extingue o fator.

Nesta quinta, dia 6, a Conlutas participa de uma audiência pública sobre o Projeto de Lei. Além disso, continua a todo vapor a Campanha pela Anulação da Reforma da Previdência aprovada pelo governo Lula através do mensalão em 2003. Tal campanha se soma agora à mobilização contra uma nova reforma da Previdência, arquitetada na surdina tanto por Lula quanto pelo candidato Geraldo Alckmin, para 2007.

Escrito por fatormentodoaposento

04/10/2009 em 12:31

Publicado em Para Relembrar

http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

Chaves armou para o Brasil - E o Lula?

Armação de Chaves pra cima do Brasil por Arnaldo Jabor.



Fonte:"Malaquias500"


http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

Lula pede Zelaya não faz!

Política externa brasileira é uma vergonha. O ex-presidente Hondurenho pede para que apoiadores dele lutem para que ele volte ao poder.




http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.

Para quem quer estar bem informado - A Tapas E Pontapés

Costumo ler todas as manhãs vários blogs e sites de política. Claro que minha preferência é os que denunciam as falcatruas que tomaram conta do nosso país. O brasileiro nunca esquecerá o governo Lula, pois como o Senhor Lula diz: nunca antes neste país - se viu tanta corrupção e atos ilícitos. O Blog A TAPAS E PONTAPÉS trás muita informação por isso Eu recomendo.


 
http://www.moisesalba.com/
http://dicasempelotas.blogspot.com/
Táxi, chame: 53-84061744 ou 53-84388960
Carro com Ar-Codicionado e preços especiais para viagens.